Feliz Natal

Feliz Natal

terça-feira, 4 de maio de 2010

Amor...



Fujo de mim sem saber para onde vou
Sinto a pele gelada nem sei quem sou
Corro no tempo sem grande vontade
Mas amo-te isso é a grande verdade

No cantar do meu fado
Ao longo deste meu mar
Muitas vezes ele é malvado
Mas ambos sabemos nadar

São trevas são chuvas
Tudo isto em movimento
Vinho faz-se das uvas
Amor do sofrimento

1 comentário:

Ritinha disse...

bonita e terna imagem!
Abraço

Passageiro