Feliz Natal

Feliz Natal

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Dormitar....



Este frio que demora a partir
Pela madrugada dentro
Cerro os meus olhos para sentir
O bater do coração e me concentro
Num ponto no infinito
Mesmo cá dentro
Sem desalento
O meu dormir
Do outro lado bem abafado
Ele dorme sossegado
Sinto o respirar
E por vezes o seu leve sonhar
E mais além do lado de lá da porta
Uma luz de presença quase não se nota
Mas ele lá esta entre mantas escondido
Nem se dá por ele de tão embrulhado
Naquelas mantas que o deixam sossegado
O dia esse tarda em chegar
Com o fim de semana que passa a correr
E a espera é longa é o nosso viver
Sempre perto e tão longe
Nem dá tempo para sofrer
Afinal neste País que se afunda
Nem o melhor timoneiro
Poderia atracar aqui o seu veleiro
Mandam-nos partir ou talvez sumir
Fazem da nossa terra uma coutada
E tiram-nos a nossa Liberdade

2 comentários:

Isabel Maguiar disse...

É assim que eu o vejo todas as noites, estando perto ou longe, gostei da ternura e do segredo que só nós, pais entendemos.

SCHWERIN DE SOUZA. disse...

AI QUI LINDO, MESMO NA CHINA!!!!!!!!!!!!!!
JINHOS AOS DOIS. MÃE E M.I.

Passageiro