Feliz Natal

Feliz Natal

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Momentos



São sons perdidos
Cata-ventos
De moinhos partidos
Dores embaladas em sereias
Areias
Meninos risonhos
De olhar molhado
Brincando nas areias
Fazendo castelos
Com várias ameias
Sol
Que queima o meu corpo
Sem contemplações
Sinto-me morto
De vestes e palavras
Mas não de emoções
Vento
Agonia de um só dia
De velas içadas
Terras despedaçadas
De tormentos e agonia
De gritos
Sem liberdade
Abafados pelo tempo
Infeliz do momento
Que sofre a bem sofrer
Numa casa desabitada
Na rua ao relento
E só

Sem comentários:

Passageiro